ajudinha informatica

blog com dicas e ajuda em informatica e conhecimentos em geral

simbolos para orkut, msn, E-mail ¥ þ ♥ ♪ ♂ Ý ¾ Æ ☺ ♫ & ▓ ░ │ ½ █

Saiba como fazer os simbolos,¥ þ ♥ ♪ ♂ Ý ¾ Æ ☺ ♫ &, diretamente do seu teclado, Para usar no orkut, msn, E-mail e onde você querer.
É bem simples, basta digitar:

Alt + 1= ☺
Alt + 2= ☻
Alt + 3= ♥
Alt + 4= ♦
Alt + 5= ♣
Alt + 6= ♠
Alt + 7= •
Alt + 8= ◘
Alt + 9= ○
Alt + 10= ◙
Alt + 11= ♂
Alt + 12= ♀
Alt + 13= ♪
Alt + 14= ♫
Alt + 15= ☼
Alt + 16= ►
Alt + 17= ◄
Alt + 18= ↕
Alt + 19= ‼
Alt + 20= ¶
Alt + 21= §
Alt + 22= ▬
Alt + 23= ý
Alt + 24= ↑
Alt + 25= ↓
Alt + 26= →
Alt + 27= ←
Alt + 28= ∟
Alt + 29= ↔
Alt + 30= ▲
Alt + 31= ▼
Alt + 32=
Alt + 33= !
Alt + 34= “
Alt + 35= #
Alt + 36= $
Alt + 37= %
Alt + 38= &
Alt + 39= ‘
Alt + 40= (
Alt + 41= )
Alt + 42= *
Alt + 43= +
Alt + 44= ,
Alt + 45= –
Alt + 46= .
Alt + 47= /
Alt + 48= 0
Alt + 49= 1
Alt + 50= 2
Alt + 51= 3
Alt + 52= 4
Alt + 53= 5
Alt + 54= 6
Alt + 55= 7
Alt + 56= 8
Alt + 57= 9
Alt + 58= :
Alt + 59= ;
Alt + 60=
Alt + 63= ?
Alt + 64= @
Alt + 65= A
Alt + 66= B
Alt + 67= C
Alt + 68= D
Alt + 69= E
Alt + 70= F
Alt + 71= G
Alt + 72= H
Alt + 73= I
Alt + 74= J
Alt + 75= K
Alt + 76= L
Alt + 77= M
Alt + 78= N
Alt + 79= O
Alt + 80= P
Alt + 81= Q
Alt + 82= R
Alt + 83= S
Alt + 84= T
Alt + 85= U
Alt + 86= V
Alt + 87= W
Alt + 88= X
Alt + 89= Y
Alt + 90= Z
Alt + 91= [
Alt + 92= \
Alt + 93= ]
Alt + 94= ^
Alt + 95= _
Alt + 96= `
Alt + 97= a
Alt + 98= b
Alt + 99= c
Alt + 100= d
Alt + 101= e
Alt + 102= f
Alt + 103= g
Alt + 104= h
Alt + 105= i
Alt + 106= j
Alt + 107= k
Alt + 108= l
Alt + 109= m
Alt + 110= n
Alt + 111= o
Alt + 112= p
Alt + 113= q
Alt + 114= r
Alt + 115= s
Alt + 116= t
Alt + 117= u
Alt + 118= v
Alt + 119= w
Alt + 120= x
Alt + 121= y
Alt + 122= z
Alt + 123= {
Alt + 124= |
Alt + 125= }
Alt + 126= ~
Alt + 127= ⌂
Alt + 128= Ç
Alt + 129= ü
Alt + 130= é
Alt + 131= â
Alt + 132= ä
Alt + 133= à
Alt + 134= å
Alt + 135= ç
Alt + 136= ê
Alt + 137= ë
Alt + 138= è
Alt + 139= ï
Alt + 140= ¥
Alt + 141= ì
Alt + 142= Ä
Alt + 143= Å
Alt + 144= É
Alt + 145= æ
Alt + 146= Æ
Alt + 147= ô
Alt + 148= ö
Alt + 149= ò
Alt + 150= û
Alt + 151= ù
Alt + 152= ÿ
Alt + 153= Ö
Alt + 154= Ü
Alt + 155= ø
Alt + 156= £
Alt + 157= Ø
Alt + 158= ×
Alt + 159= ƒ
Alt + 160= á
Alt + 161= í
Alt + 162= ó
Alt + 163= ú
Alt + 164= ñ
Alt + 165= Ñ
Alt + 166= ª
Alt + 167= º
Alt + 168= ¿
Alt + 169= ®
Alt + 170= ¬
Alt + 171= ½
Alt + 172= ¼
Alt + 173= ¡
Alt + 174= «
Alt + 175= »
Alt + 176= ░
Alt + 177= ▒
Alt + 178= ▓
Alt + 179= │
Alt + 180= ┤
Alt + 181= Á
Alt + 182= Â
Alt + 183= À
Alt + 184= ©
Alt + 185= ╣
Alt + 186= ║
Alt + 187= ╗
Alt + 188= ╝
Alt + 189= ¢
Alt + 190= ¥
Alt + 191= ┐
Alt + 192= └
Alt + 193= ┴
Alt + 194= ┬
Alt + 195= ├
Alt + 196= ─
Alt + 197= ┼
Alt + 198= ã
Alt + 199= Ã
Alt + 200= ╚
Alt + 201= ╔
Alt + 202= ╩
Alt + 203= ╦
Alt + 204= ╠
Alt + 205= ═
Alt + 206= ╬
Alt + 207= ¤
Alt + 208= ð
Alt + 209= Ð
Alt + 210= Ê
Alt + 211= Ë
Alt + 212= È
Alt + 213= ı
Alt + 214= Í
Alt + 215= Î
Alt + 216= Ï
Alt + 217= ┘
Alt + 218= ┌
Alt + 219= █
Alt + 220= ▄
Alt + 221= ¦
Alt + 222= Ì
Alt + 223= ▀
Alt + 224= Ó
Alt + 225= ß
Alt + 226= Ô
Alt + 227= Ò
Alt + 228= õ
Alt + 229= Õ
Alt + 230= µ
Alt + 231= þ
Alt + 232= Þ
Alt + 233= Ú
Alt + 234= Û
Alt + 235= Ù
Alt + 236= ý
Alt + 237= Ý
Alt + 238= ¯
Alt + 239= ´
Alt + 240= ­­
Alt + 241= ±
Alt + 242= ‗
Alt + 243= ¾
Alt + 244= ¶
Alt + 245= §
Alt + 246= ÷
Alt + 247= ¸
Alt + 248= °
Alt + 249= ¨
Alt + 250= •
Alt + 250= •
Alt + 251= ¹
Alt + 252= ³
Alt + 253= ²
Alt + 254= ■
Alt + 255=
Alt + 256=
Alt + 257= ☺
Alt + 258= ☻
Alt + 259= ♥
Alt + 260= ♦
Alt + 261= ♣
Alt + 262= ♠
Alt + 263= •
Alt + 264= ◘
Alt + 265= ○
Alt + 266= ◙
Alt + 267= ♂
Alt + 268= ♀
Alt + 269= ♪
Alt + 270= ♫
Alt+15= ¤
Alt+79= O
Alt+129= ü
Alt+179= ¦
Alt+229= Õ
Alt+20= ¶
Alt+80= P
Alt+130= é
Alt+180= ¦
Alt+230= µ
Alt+21= §
Alt+81= Q
Alt+131= â
Alt+181= Á
Alt+231= þ
Alt+32=espaço
Alt+82= R
Alt+132= ä
Alt+182= Â
Alt+232= Þ
Alt+33= !
Alt+83= S
Alt+133= à
Alt+183= À
Alt+233= Ú
Alt+34=”
Alt+84= T
Alt+134= å
Alt+184= ©
Alt+234= Û
Alt+35= #
Alt+85= U
Alt+135= ç
Alt+185= ¦
Alt+235= Ù
Alt+36= $
Alt+86= V
Alt+136= ê
Alt+186= ¦
Alt+236= ý
Alt+37= %
Alt+87= W
Alt+137= ë
Alt+187= +
Alt+237= Ý
Alt+38= &
Alt+88= X
Alt+138= è
Alt+188= +
Alt+238= ¯
Alt+39= ‘
Alt+89= Y
Alt+139= ï
Alt+189= ¢
Alt+239= ´
Alt+40= (
Alt+90= Z
Alt+140= î
Alt+190= ¥
Alt+240= ­
Alt+41= )
Alt+91= [
Alt+141= ì
Alt+191= +
Alt+241= ±
Alt+42= *
Alt+92= \
Alt+142= Ä
Alt+192= +
Alt+242= _
Alt+43= +
Alt+93= ]
Alt+143= Å
Alt+193= –
Alt+243= ¾
Alt+44= ,
Alt+94= ^
Alt+144= É
Alt+194= –
Alt+244= ¶
Alt+45= –
Alt+95= _
Alt+145= æ
Alt+195= +
Alt+245= §
Alt+46= .
Alt+96= `
Alt+146= Æ
Alt+196= –
Alt+246= ÷
Alt+47= /
Alt+97= a
Alt+147= ô
Alt+197= +
Alt+247= ¸
Alt+48= 0
Alt+98= b
Alt+148= ö
Alt+198= ã
Alt+248= °
Alt+49= 1
Alt+99= c
Alt+149= ò
Alt+199= Ã
Alt+249= ¨
Alt+50= 2
Alt+100= d
Alt+150= û
Alt+200= +
Alt+250= ·
Alt+51= 3
Alt+101= e
Alt+151= ù
Alt+201= +
Alt+251= ¹
Alt+52= 4
Alt+102= f
Alt+152= ÿ
Alt+202= –
Alt+252= ³
Alt+53= 5
Alt+103= g
Alt+153= Ö
Alt+203= –
Alt+253= ²
Alt+54= 6
Alt+104= h
Alt+154= Ü
Alt+204= ¦
Alt+254= _
Alt+55= 7
Alt+105= i
Alt+155= ø
Alt+205= –
Alt+56= 8
Alt+106= j
Alt+156= £
Alt+206= +
Alt+57= 9
Alt+107= k
Alt+157= Ø
Alt+207= ¤
Alt+58= :
Alt+108= l
Alt+158= ×
Alt+208= ð
Alt+59= ;
Alt+109= m
Alt+159= ƒ
Alt+209= Ð
Alt+60=
Alt+112= p
Alt+162= ó
Alt+212= È
Alt+145= æ
Alt+195= +
Alt+245= §
Alt+46= .
Alt+96= `
Alt+146= Æ
Alt+196= –
Alt+246= ÷
Alt+47= /
Alt+97= a
Alt+147= ô
Alt+197= +
Alt+247= ¸
Alt+48= 0
Alt+98= b
Alt+148= ö
Alt+198= ã
Alt+248= °
Alt+49= 1
Alt+99= c
Alt+149= ò
Alt+199= Ã
Alt+249= ¨
Alt+50= 2
Alt+100= d
Alt+150= û
Alt+200= +
Alt+250= ·
Alt+51= 3
Alt+101= e
Alt+151= ù
Alt+201= +
Alt+251= ¹
Alt+52= 4
Alt+102= f
Alt+152= ÿ
Alt+202= –
Alt+252= ³
Alt+53= 5
Alt+103= g
Alt+153= Ö
Alt+203= –
Alt+253= ²
Alt+54= 6
Alt+104= h
Alt+154= Ü
Alt+204= ¦
Alt+254= _
Alt+55= 7
Alt+105= i
Alt+155= ø
Alt+205= –
Alt+56= 8
Alt+106= j
Alt+156= £
Alt+206= +
Alt+57= 9
Alt+107= k
Alt+157= Ø
Alt+207= ¤
Alt+58= :
Alt+108= l
Alt+158= ×
Alt+208= ð
Alt+59= ;
Alt+109= m
Alt+159= ƒ
Alt+209= Ð
Alt+60=
Alt+112= p
Alt+162= ó
Alt+212= È

7 de abril de 2009 Posted by | Blospot, dica, dicas, entretenimento, internet, msn, orkut | Deixe um comentário

Jogos meninas

A minha  ♥filha♥  já esta me ajudando a blogar.
Estas são as dicas dela dos melhores sites com jogos para meninas (de acordo com ela) são:

http://www.ojogos.com.br/
http://iguinho.ig.com.br/jogos.html
http://mundonick.uol.com.br/

Pois é…como diria o Marcelo d2   ♫♫♫♫♫
Eu me desenvolvo e evoluo com meu filho.
Eu me desenvolvo e evoluo com meu pai.

7 de abril de 2009 Posted by | dica, dicas, jogos meninas, jogos online | Deixe um comentário

Naruto Hokage.

Hokage (火影, lit. Sombra do fogo?), no universo do anime/mangá Naruto, é um título dado ao líder político e militar do vilarejo de Konoha, sendo considerado o ninja mais forte do mesmo. Na escolha não é avaliada apenas a força do ninja, mas também suas atitudes e sua personalidade. Ele manda em Konoha com a ajuda de um conselho. Em cinco países existem cinco Kages, líderes dos cinco mais importantes Vilarejos Escondidos, sendo Hokage o líder da Vila da Folha Oculta e do país do Fogo.

Este artigo ou seção contém revelações sobre o enredo

Na vila de Konoha já existiram cinco Hokages, que tiveram seus rostos esculpidos na rocha, no Memorial Hokage. São eles:

Shodaime Hokage



O Shodaime Hokage (shodaime = primeiro), ou Senju Hashirama, foi o fundador da Vila Oculta da Folha, junto com seu irmão o Nidaime Hokage e graças à ele Konoha ganhou notoriedade como vilarejo berço de grandes shinobis.

Ficou conhecido como o único usuário da Técnica de Controle da Madeira, mas atualmente sabe-se que um outro ninja, Yamato, também consegue manipular a madeira, devido ao fato de Orochimaru ter implantado células do Shodaime dentro do seu corpo. Ele tambem derrotou Uchiha Madara no vale do fim.

É irmão do Segundo Hokage, avô da sannin Tsunade e mestre do Terceiro Hokage.


Nidaime Hokage

Nidaime Hokage(nidaime = segundo) era irmão do Primeiro Hokage e ajudou-o a fundar a vila de Konoha.

Possuía uma espada única, a Raijin no Ken, roubada por Rokusho Aoi. Pouco se sabe sobre ele, mas é de conhecimento que a sua especialidade eram os jutsus Suiton (Elemento Água), como o Suiton: Suijinheki.

Junto com seu irmão treinou o Terceiro Hokage e passou-lhe o título de shinobi mais poderoso de Konoha.

 Sarutobi,

o Sandaime Hokage, ou Sasuke Sarutobi que é seu verdadeiro nome, (sandaime = terceiro) é aprendiz do Primeiro e Segundo Hokages. Além disso, é pai de Sarutobi Asuma e avô de Konohamaru.

Apelidado de O Professor, Sarutobi escolheu como sucessor Namikaze Minato, ao invés de Orochimaru, um de seus discípulos. Além dele, treinou Tsunade e Jiraiya. Assim como Yondaime, se sacrificou por Konoha, usando o Shiki Fuujin contra Orochimaru.

Namikaze Minato, seu verdadeiro nome, é considerado o maior Hokage e ninja que já existiu. Chamado de O Relâmpago Dourado de Konoha, o Yondaime (yondaime = quarto) é discípulo do sannin Jiraiya, jounin responsável pelo primeiro Time Kakashi (Hatake Kakashi, Uchiha Obito e Rin), e mais recentemente, descobriu-se que era pai de Uzumaki Naruto.

A sua fama se deve às técnicas usadas {como o Hiraishin no Jutsu) e ao fato de ter se sacrificado para salvar a vila de Konoha do ataque da Kyuubi, utilizando um Fuuinjutsu criado por ele e ensinado ao Terceiro Hokage: Shiki Fuujin.

Godaime Hokage

A sannin Tsunade, neta do Primeiro Hokage, foi eleita a Godaime (godaime = quinto) de Konoha.

Foi a primeira ninja a criar um trio de shinobis com um ninja médico na equipe, para evitar baixas em guerras ocasionais. É famosa por suas habilidades médicas e pelo poder físico (em jutsus como o Tsuutenkyaku).

Junto com Jiraiya e Orochimaru, é uma das aprendizes do Terceiro Hokage. Ela é a Hokage atual de Konoha

7 de abril de 2009 Posted by | bom humor, dica, dicas, entretenimento, Jogos, naruto | Deixe um comentário

Naruto Hokage

ナルト

Desde o início do anime, o sonho do Naruto é ser Hokage. Isto é certo, pois no Naruto Clássico, ele falava sem parar, “Eu serei Hokage” e “O Hokage de Konoha Serei Eu”. Contudo, no Shippuuden parece que esse sonho vai perdendo a força, pois logo no primeiro episódio do Shippuuden, Naruto fala: “Como alguém que não pode nem salvar seu melhor amigo… pode ser Hokage?”. Então nós já deduzimos o seguinte:

Desde o início do anime, o sonho do Naruto é ser Hokage. Isto é certo, pois no Naruto Clássico, ele falava sem parar, “Eu serei Hokage” e “O Hokage de Konoha Serei Eu”. Contudo, no Shippuuden parece que esse sonho vai perdendo a força, pois logo no primeiro episódio do Shippuuden, Naruto fala: “Como alguém que não pode nem salvar seu melhor amigo… pode ser Hokage?”. Então nós já deduzimos o seguinte:

• Naruto só aceitará ser Hokage se conseguir salvar Sasuke, pois caso isso não aconteça, ele pensará que não tem capacidade para ser Hokage

Contudo, Sasuke parece não querer ser salvo, e isso dificulta a situação. Pulando isso, vamos para a próxima dedução.

Tsunade diz em certo capítulo do Mangá que ela pensa em duas pessoas para ganharem o título de Hokage: Naruto e Kakashi. Só que, Pain mata Kakashi em certo capítulo do Mangá, então, na “Lista de Sucessão” de Tsunade só existe mais uma pessoa: Naruto. O problema é que Jiraya não concordou com isso, pois disse que Naruto ainda era muito jovem. Contudo, devemos lembrar que Tsunade não é imortal. Então, se Tsunade morrer, o próximo Hokage pode não ter Naruto na sua “Lista de Sucessão”. Claro, isso se os Conselheiros não escolherem Naruto para ser o novo Hokage, né? Então veja o que deduzimos até agora:

• Naruto só aceitará ser Hokage se conseguir salvar Sasuke, pois caso isso não aconteça, ele pensará que não tem capacidade para ser Hokage
• Se Tsunade não morrer até Naruto crescer um pouco mais, Naruto poderá optar entre ser ou não Hokage

Vamos lembrar, que Naruto é um ninja único. Ele está dominando o modo Eremita, e se tornando ainda mais forte. Se ele aprender a controlar o poder da Kyuubi, ele se tornará um ninja quase tão poderoso quanto Yondaime. Ok, vamos ver o que deduzimos até agora…

• Naruto só aceitará ser Hokage se conseguir salvar Sasuke, pois caso isso não aconteça, ele pensará que não tem capacidade para ser Hokage
• Se Tsunade não morrer até Naruto crescer um pouco mais, Naruto poderá optar entre ser ou não Hokage
• Se Naruto virar um eremita e aprender a controlar o poder da Kyuubi, é quase certo, que mesmo que Tsunade morra, o próximo Hokage colocar Naruto na sua “Lista de Sucessão” em virtude de sua força

Ok, ok, mas ainda temos que lembrar o que a Sakura disse: “Quando todos pensam que Naruto não vai conseguir algo, ele dá a voltar por cima”. Então ele provávelmente irá controlar as artes eremitas e controlar o chakra da Kyuubi. Sem falar que ele ainda domina o Elemento Fuuton e consegue utilizar bem as propriedades dos Kage Bunshin. Então:

• Naruto só aceitará ser Hokage se conseguir salvar Sasuke, pois caso isso não aconteça, ele pensará que não tem capacidade para ser Hokage
• Se Tsunade não morrer até Naruto crescer um pouco mais, Naruto poderá optar entre ser ou não Hokage
• Se Naruto virar um eremita e aprender a controlar o poder da Kyuubi, é quase certo, que mesmo que Tsunade morra, o próximo Hokage colocar Naruto na sua “Lista de Sucessão” em virtude de sua força
• Como Naruto tem grande chance de ficar forte mesmo, então ele também tem uma grande chance de virar Hokage.

Considerando que cada um desses tópicos equivalem a 20% de chance de Naruto virar Hokage, então, quer dizer que Naruto tem 80% de chance de no final do anime, virar Hokage. Bem, para finalizar a análise, vamos ver o que concluímos durante a análise:

• Naruto só aceitará ser Hokage se conseguir salvar Sasuke, pois caso isso não aconteça, ele pensará que não tem capacidade para ser Hokage
• Se Tsunade não morrer até Naruto crescer um pouco mais, Naruto poderá optar entre ser ou não Hokage
• Se Naruto virar um eremita e aprender a controlar o poder da Kyuubi, é quase certo, que mesmo que Tsunade morra, o próximo Hokage colocar Naruto na sua “Lista de Sucessão” em virtude de sua força
• Como Naruto tem grande chance de ficar forte mesmo, então ele também tem uma grande chance de virar Hokage.
• No final dessa análise, deduzimos que Naruto tem 80% de chance de virar Hokage no final do anime

Bem galerinha, eu vou ficando por aqui. Espero que tenham gostado da análise! Até a próxima!

7 de abril de 2009 Posted by | entretenimento, imagens, Jogos, naruto | Deixe um comentário

Acordo Ortográfico

Perguntas e suas respostas,frequentes sobre o Acordo Ortográfico:

1. Porquê fazer um Acordo Ortográfico?

Porque o Português é língua oficial em oito Estados soberanos mas tem duas ortografias, ambas correctas, a de Portugal e a do Brasil. Existem desvantagens na manutenção desta situação e a língua será internacionalmente tanto mais importante quanto maior for o seu peso unificado.
A existência de dupla grafia limita a dinâmica do idioma e as diferenças criam obstáculos, maiores ou menores, em todos os incontáveis planos em que a forma escrita é utilizada: seja a difusão cultural (literatura, cinema, teatro); a divulgação da informação (jornais, revistas, mesmo a TV ou a Internet); as relações comerciais (propostas negociais, textos de contratos) etc., onde o Português escrito é utilizado. Isto, se considerarmos apenas as relações
intracomunitárias (nos oito países da CPLP).
Nas relações internacionais, recorde-se que existem quatro grandes línguas (Inglês, Francês, Português e Espanhol) e que o Português é a única com duas grafias oficiais.
Assim, no plano intracomunitário, a dupla grafia dificulta a partilha de conteúdos, no plano internacional, limita a capacidade de afirmação do idioma, provocando, por exemplo, traduções quer literárias quer técnicas diferentes para Portugal e Brasil.

2. Mas como se explica que exista mais do que uma ortografia?
No rescaldo da Implantação da República em Portugal, deu-se a 1ª
Reforma Oficial da Ortografia Portuguesa que, em 1911, estabeleceu uma
ortografia simplificada, consagrada nos textos oficiais de ensino.
Esta profunda reforma não foi concertada na altura com a República
Brasileira, e desde essa data a língua tem comportado duas grafias.
Sucede que a língua, como realidade dinâmica que é, está sujeita a
evolução. A ortografia do Português não é excepção e as duas ortografias
então existentes trilharam caminhos diferentes, não obstante várias iniciativas
dos dois países, singulares e concertadas, no sentido da unificação.

3. Quais são os Estados signatários (partes) do Acordo Ortográfico?
Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. O Acordo encontra-se aberto à adesão de Timor-Leste que em 1990 ainda não tinha reconquistado a independência.

4. Qual a estimativa de pessoas no mundo que falam a língua portuguesa?
Calculam-se em mais de 200 milhões as pessoas que falam Português em
todo o mundo.

5. O Acordo foi assinado em 1990, mas só entraria em vigor com a
ratificação de todos os países? O que mudou com os Protocolos
Modificativos ao Acordo?
O Acordo Ortográfico na sua versão original, de 1990, previa entrada em
vigor apenas quando se verificasse a ratificação (recepção do Acordo no
ordenamento jurídico interno do Estado) por todos os signatários.
Os Protocolos Modificativos alteraram apenas a modalidade de entrada em
vigor do Acordo. O conteúdo, i.e., as alterações ortográficas do Acordo Original
mantém-se.

6. Por que foi necessário um segundo Protocolo? O primeiro não tem
valor?
Foi necessário um Segundo Protocolo Modificativo pois a alterações
produzidas pelo primeiro (alargando o prazo para entrada em vigor)
demonstraram-se ineficazes. A assinatura do 2º Protocolo estabelece que, o
Acordo Ortográfico entrava em vigor com a ratificação por três dos Estados
signatários (naturalmente, para os Estados que procedessem à ratificação).
O Primeiro Protocolo Modificativo, não apresenta hoje qualquer conteúdo
prático.
Saiba mais sobre o tema em http://www.cplp.org/comunicados.asp
7. O Acordo Ortográfico já está em vigor? Em que países?
Sim, na ordem jurídica internacional e no Brasil, em Cabo Verde e São
Tomé e Príncipe, por força da ratificação pelos três Estados do Acordo
Ortográfico e do Segundo Protocolo Modificativo.
O terceiro signatário a ratificar, S. Tomé e Príncipe, depositou os
documentos correspondentes em Dezembro de 2006 e, por esse efeito fez com
que o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa entrasse em vigor no dia 1 de
Janeiro de 2007. Saiba mais em http://www.cplp.org/comunicados.asp.

8. Porquê da demora na ratificação por parte dos demais países
signatários?
As razões que cada um dos signatários do Acordo Ortográfico tem para
proceder ou não à sua ratificação são matéria do foro interno de cada Estado.
A CPLP remete assim para os Estados a divulgação de informações quanto
a esta questão.

9. Foi definida data para os Estados signatários ratificarem o Acordo?
O Acordo, na sua redacção original (1990), previa a entrada em vigor a 1 de
Janeiro de 1994, após o depósito dos instrumentos de ratificação de todos os
Estados signatários. Esta disposição tornou-se letra morta quando a data foi
ultrapassada sem terem sido efectuadas as ratificações.
Esta redacção foi alterada pelos Protocolo Modificativos e em bom rigor,
visto que não se extrai dos textos qualquer outra data, não existe um prazo
para ratificação do Acordo.

10. O que acontece à ortografia do Português nos países que não
ratificarem?
Nada. Caso não seja ratificado, o Acordo Ortográfico não se torna parte dos
ordenamentos jurídicos nacionais dos signatários e assim as alterações que
estabelece não se verificarão na ortografia desses países.

11. Mas podem uns países avançar com a implementação do Acordo
Ortográfico sem os demais?
Sim, dado que está prevista a entrada em vigor desde que ratificado por
três Estados, o que já aconteceu. Todavia, é de lembrar que o objectivo é
unificação, e que o ideal seria que todos os países avançassem em uníssono.
Com efeito, a medida do sucesso do Acordo Ortográfico depende da sua
ratificação e implementação por todos os Estados signatários. Só com todos
poderá atingir o pleno dos seus objectivos originais.

12. Existe uma estimativa quanto ao número de palavras alteradas?
Segundo os dados disponibilizados pela Academia de Ciências de Lisboa, à
data da celebração do Acordo, o número de palavras cuja ortografia seria
alterada não ultrapassaria os 2 por cento! Pouco mais de 2.000 palavras num
Universo de 110.000.
Não estão contabilizadas: as alterações à utilização do hífen e as
resultantes da supressão do trema, diminutas em número e de fácil apreensão.

13. Quais foram os critérios utilizados para desenvolver as novas
normas ortográficas?
Segundo o próprio Acordo, o esforço de unificação da grafia foi presidido
por um critério fonético, isto é, a ortografia das palavras é alterada no sentido
de as aproximar à forma falada. (ex.: abolição das consoantes mudas).

14. Mas se o critério fonético está subjacente às alterações, o
Português falado é alterado?
Não. A forma falada do Português não sofrerá qualquer alteração no curto
prazo (embora não seja de excluir que, no futuro, o “p” que os portugueses
utilizam em baptismo e pronunciam muito levemente, venha a desaparecer).
Repare-se que no cenário actual de duas grafias, portuguesa e brasileira,
mesmo dentro dos limites territoriais de cada um destes dois Estados, existem
diferentes formas de falar o português, não obstante cada um dos países ter
apenas uma ortografia.
No mesmo sentido, os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, que
usam a ortografia portuguesa, falam o português de forma diversa, quer entre
si, quer da falada em Portugal ou no Brasil.
Os cambiantes da língua falada não serão afectados pelo Acordo.
Altera-se a ortografia no sentido de a unificar, utilizando a fonética apenas
como um dos instrumentos dessa unificação ortográfica.

15. Quais os prazos e custos para a implementação das alterações?
O Acordo ocupa-se apenas das regras ortográficas e define um patamar de
compromisso em termos ortográficos. Cabe a cada um dos Estados envidar
esforços no sentido de chegar a esse patamar. O processo de implementação
não se encontra definido no Acordo.
Entende-se assim que caberá a cada Estado estudar as suas necessidades
específicas e definir o plano de acção nacional, no sentido de concretizar o
Acordo. Assim, remete-se para as autoridades nacionais qualquer informação
sobre prazos e custos.

16. Quando se começarão a sentir os efeitos práticos? Será imediato
ou faseado?
Sendo que cada país definirá o seu plano de acção, os efeitos do Acordo
começarão a sentir-se à medida que as autoridades nacionais avançarem com
a sua implementação.
Assim, será o plano de acção nacional de implementação de cada Estado
que definirá as áreas (ensino, administração pública, comunicação social, etc.)
onde as alterações se farão sentir em primeiro lugar.
Dada a complexidade relativa em termos técnicos (Ex. manuais escolares)
e financeiros, cada Estado adoptará, provavelmente, planos de acção
faseados.
Recorda-se que não será a entrada em vigor, per se, do Acordo que levará
os cidadãos a respeitarem as novas regras ortográficas. Existe uma nova
ortografia, mas a sua implementação não é instantânea. Serão possivelmente
definidos, pelos próprios Estados, períodos de transição para as áreas onde tal
faça sentido, ex.: manuais escolares, gramáticas e dicionários, formulários de
serviços públicos, contratos, etc.

17. É isto que se entende por “moratória” de aplicação do Acordo?
Tem sido por vezes referido na imprensa que o Acordo prevê uma
“moratória” para a sua aplicação. Tal informação é incorrecta.
Não obstante, e como já foi abordado acima, a introdução das alterações
ortográficas dificilmente será instantânea.
Naturalmente existirá um período de convivência entre as duas grafias, que
será diferente consoante o contexto. Isto é, qualquer livraria terá, durante os
anos vindouros, livros nas suas prateleiras escritos nas duas grafias, mas
dificilmente se encontrará, uma vez implementado o Acordo, um jornal diário
que não reflicta as alterações.
Por este exemplo se vê que as diferentes manifestações da língua escrita
terão, pelos seus ciclos naturais, diferentes prazos para absorver as alterações.

7 de abril de 2009 Posted by | dica, dicas, reforma ortográfica | 1 Comentário