ajudinha informatica

blog com dicas e ajuda em informatica e conhecimentos em geral

Promoção dia das Mães em família*

Promoção dia das Mães em família*

Escolha um de nossos passeios para levar sua mãe de graça*, é isso mesmo, sua mãe não paga nada neste dia tão especial, ela nossa convidada.

Comemore o dia das mães em família, você escolhe:
pode ser em Angra dos Reis a bordo de uma escuna passeando entre lindas ilhas com paradas para banho, ou se preferir um city tour na cidade maravilhosa, indo aos principais pontos turísticos, Corcovado, Pão de Açúcar, Maracanã, Sambódromo, almoço em Copacabana.
De este presente para sua mãe, ela merece um dia maravilhoso.

Passeios na Promoção:
Angra dos Reis Valor R$ 90,00 por pessoa
Um dia no Rio Valor R$ 130,00 por pessoa



*Para ter direito ao passeio de graça é necessário estar acompanhada de 10 outros pagantes no mesmo passeio.

Entre em contato e garanta a sua reserva
(21) 3546 6334
(21) 3546 6335
MSN
evertonlog@hotmail.com

27 de abril de 2009 Posted by | entretenimento, mãe, parabens, Turismo | , , , , , , , | Deixe um comentário

Flamengo X Botafogo, final campeonato carioca 2009


#fullpost{display:none;}

06/04/09 – Botafogo x Flamengo – Maracanã
03/05/09 – Flamengo x Botafogo – Maracanã
Viva a emoção de assistir a final do campeonato
Carioca no estádio do Maracanã, com segurança,
conforto e toda comodidade

Pacote inclui:
Guia bilíngüe, credenciado EMBRATUR

Translado** hotel / Maracanã
Maracanã / hotel

Tíquetes de entrada, cadeira azul

*Valor por pessoa, por cada jogo,

**Hotel da zona sul

Entre em contato:
Fone 21 3546 6334
21 3546 6335
21 8767 2915
MSN: evertonlog@hotmail.com

22 de abril de 2009 Posted by | entretenimento, Futebol, Jogos, Turismo | Deixe um comentário

A construção da estátua do Cristo do Redentor no morro do Corcovado

Conheça a hístória da construção da estátua do Cristo do Redentor.
Uma das sete maravilhas do mundo.


Séc. XVI Os portugueses dão ao morro o nome de Pináculo (ou Pico) da Tentação, em alusão a um monte bíblico.

Séc. XVII O morro é rebatizado como Corcovado, nome derivado de sua forma, que lembra uma corcova ou corcunda.

1824 D. Pedro I lidera pessoalmente a primeira expedição oficial ao Corcovado, que resulta na abertura de um caminho de acesso ao cume.

1859 Ao chegar ao Rio de Janeiro, o padre lazarista Pedro Maria Boss encanta-se com a beleza do Corcovado e sugere à princesa Isabel a edificação de um monumento religioso no local.

1882 D. Pedro II concede aos engenheiros João Teixeira Soares e Francisco Pereira Passos a permissão para construírem e explorarem a Estrada de Ferro do Corcovado.

1884 É inaugurado o trecho entre o Cosme Velho e as Paineiras da Estrada de Ferro do Corcovado, com a presença da família imperial. Na mesma ocasião, inaugura-se o Hotel das Paineiras.

1885 É inaugurado o trecho entre as Paineiras e o Corcovado, completando assim a extensão total da Estrada de Ferro, com 3.800 metros.

Início da década de 1910 A companhia The Rio de Janeiro Tramway, Light and Power – conhecida como Light – concessionária da Estrada de Ferro do Corcovado desde 1906, transforma-a na primeira ferrovia do Brasil a ser eletrificada.

1921 A idéia da construção do monumento ao Cristo Redentor surge para marcar a comemoração do Centenário da Independência do Brasil no ano seguinte. Reúne-se no Círculo Católico a primeira assembléia destinada a discutir o projeto e o local para a edificação do monumento. Disputam o Corcovado, o Pão de Açúcar e o Morro de Santo Antônio. Vence a opção pelo Corcovado, o maior dos pedestais.

1922 Um abaixo-assinado com mais de 20 mil nomes solicita ao presidente Epitácio Pessoa permissão para a edificação da estátua. A pedra fundamental da construção do monumento no morro do Corcovado é lançada no dia 4 de abril de 1922.

1923 É realizado o concurso de projetos para a construção do monumento ao Cristo Redentor. O projeto escolhido é o do engenheiro Heitor da Silva Costa. Em setembro é organizada a Semana do Monumento, uma campanha nacional para arrecadação de fundos para as obras.

1926 São iniciadas as obras de edificação do monumento.

1931 A estátua do Cristo Redentor é inaugurada no dia 12 de outubro. O desenho final do monumento é de autoria do artista plástico Carlos Oswald e a execução da escultura é responsabilidade do estatuário francês Paul Landowski. O monumento ao Cristo Redentor no morro do Corcovado torna-se a maior escultura art déco do mundo. O evento de inauguração tem a presença do cardeal dom Sebastião Leme, do chefe do Governo Provisório, Getúlio Vargas, e de todo o seu ministério.
Por iniciativa do jornalista Assis Chateaubriand, o cientista italiano Guglielmo Marconi foi convidado a inaugurar a iluminação do monumento, a partir de seu iate Electra, fundeado na baía de Nápoles. Emitido do iate, o sinal elétrico seria captado por uma estação receptora instalada em Dorchester, na Inglaterra, e retransmitido para uma antena em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, de onde seriam acesas as luzes do Corcovado. No entanto, o mau tempo no dia prejudicou a transmissão e o monumento foi iluminado diretamente do Rio de Janeiro.
Em 21 de outubro, sob a orientação do cardeal dom Sebastião Leme, foi criada a Ordem Arquidiocesana do Cristo Redentor, em substituição à Comissão Organizadora do Monumento, tendo por objetivo administrá-lo e conservá-lo.

1932 Por iniciativa do jornal O Globo, a iluminação definitiva substitui o sistema de luz provisório instalado desde a inauguração.

1934 A União transfere o domínio da área de 477m2 situada no alto do Corcovado à Ordem Arquidiocesana do Cristo Redentor.

1960 Por decreto do então cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, dom Jaime de Barros, a Ordem Arquidiocesana do Cristo Redentor é extinta e substituída pela Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro.

1973 O monumento do Cristo Redentor é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (IPHAN).

1980 Recuperação do monumento por ocasião da visita do papa João Paulo II.

1990 O monumento do Cristo Redentor é tombado pelo município do Rio de Janeiro. Um convênio entre a Rede Globo de Televisão, a Shell do Brasil, a Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) e a Prefeitura do Rio de Janeiro promove uma ampla reforma no monumento. O Ibama assume as atividades de vigilância, limpeza e conservação da estátua e seu entorno. O direito de uso da imagem do Cristo Redentor mantém-se sob a exclusividade da Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro.

2000 É iniciado o Projeto Cristo Redentor, com as seguintes ações: recuperação do monumento, com a instalação de proteção catódica, nova iluminação, criação de sinalização histórica e turística, uma parceria entre a Fundação Roberto Marinho, Banco Real ABN AMRO Bank, Ibama, Arquidiocese e Prefeitura da Cidade.

2001 A Gerdau S.A integrou-se ao Projeto Cristo Redentor para as obras de ampliação da plataforma do trem, melhoria de infra-estrutura e implantação de elevadores, passarelas metálicas e escadas rolantes.

2002 Durante este ano foram realizadas as principais etapas das obras civis do Projeto.

2003 Com a conclusão das obras do projeto, o acesso ao mirante é facilitado, contribuindo para aumentar o número de visitantes a este importante ponto turístico da cidade.

Conheça o Cristo Redentor com a “Brasil Turismo Carioca

2 de abril de 2009 Posted by | Brasil e Portugal, dica, dicas, Marketing, Turismo | Deixe um comentário

Hino do Estado do Rio de Janeiro

O Hino do Estado do Rio de Janeiro, intitulado Hino 15 de Novembro, foi composto em 1889 pelo maestro da banda da Força Militar do Estado do Rio de Janeiro (atual Polícia Militar) João Elias da Cunha e oferecido ao primeiro Governador após da proclamação da República, Dr. Francisco Portela, por ele. A letra do hino é do poeta fluminense Antônio José Soares de Souza Júnior. Foi instituido como hino oficial em 29 de dezembro de 1889.

Não confundir com “Cidade Maravilhosa”, Hino da Cidade do Rio de Janeiro, nem com o Hino composto por ocasião do IV Centenário da capital fluminense.

Letra

Fluminenses, avante! Marchemos!
Às conquistas da paz, povo nobre!
Somos livres, alegres brademos,
Que uma livre bandeira nos cobre.
Fluminenses, eia! Alerta!
Ódio eterno à escravidão!
Que na Pátria enfim liberta
Brilha à luz da redenção!
Nesta Pátria, do amor áureo templo,
Cantam hinos a Deus nossas almas;
Veja o mundo surpreso este exemplo,
De vitória, entre flores e palmas.
Fluminenses, eia! Alerta!…

Nunca mais, nunca mais nesta terra
Virão cetros mostrar falsos brilhos;
Neste solo que encantos encerra,
Livre Pátria terão nossos filhos.
Fluminenses, eia! Alerta!…
Ao cantar delirante dos hinos
Essa noite, dos tronos nascida,
Deste sol, aos clarões diamantinos,
Fugirá, sempre, sempre vencida.
Fluminenses, eia! Alerta!…
Nossos peitos serão baluartes
Em defesa da Pátria gigante;
Seja o lema do nosso estandarte:
Paz e amor! Fluminenses, avante!



Conheça o Rio de Janeiro com Brasil Turismo Carioca

29 de março de 2009 Posted by | Blospot, dica, dicas, parabens, Turismo | Deixe um comentário

Hino da Cidade Rio de Janeiro

“Cidade Maravilhosa” é o hino da cidade do Rio de Janeiro. O primeiro a criar o apelido de cidade maravilhosa foi o escritor maranhense Coelho Neto, ao escrever em “A Notícia”, página 3, no dia 29 de novembro de 1908 seu artigo “Os Sertanejos”.
nâo confundir com o Hino do Estado do Rio de Janeiro.
Letra do hino

O hino foi composto por André Filho e diz:

Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil!

Berço do samba e das lindas canções,!
que vivem n’alma da gente.
És o altar dos nossos corações
que cantam alegremente!

Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil!

Jardim florido de amor e saudade,
Terra que a todos seduz…
Que Deus te cubra de felicidade…
Ninho de sonho e de luz!

Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa, coração do meu Brasil

Hino alternativo

Um outro hino foi composto para o Quarto Centenário da cidade, cuja letra se deve a Manuel Bandeira e a música a Francisco Mignone. É o seguinte:

Guanabara, Guanabara, és coração do Brasil.
Na beleza de tua luz clara,
Serás sempre, o futuro o dirá,
Coração do Brasil, Guanabara,
Ó cidade de Estácio de Sá
Ao fundar-te o valor português
Junto à encosta do morro do Cão,
Não pensou que haverias de ser
Deste imenso Brasil coração.

E porque, sobremodo crescente,
Capital te fizeram um dia,
Grandes honras de glória tiveste…
Incessante tua força crescia.
Quatro séculos faz já que existes.
Já deixaste de ser capital.
Tua glória no entanto persiste.
Fê-la o seu padroeiro imortal
Guanabara, Guanabara, és coração do Brasil.



Conheça o Rio de Janeiro com Brasil Turismo Carioca

29 de março de 2009 Posted by | Blospot, dica, Turismo | Deixe um comentário